"Multiplica os teus olhos para verem mais.
Multiplica os teus abraços para semeares tudo."
Cecília Meireles

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Dia do Médico

O MÉDICO


poema de Roseana Murray


Para o médico, o corpo

não tem segredos:

é como uma fábrica,

uma orquestra,

uma casa com os móveis

todos no lugar.


O sangue corre nas veias

como um disciplinado rio.

O pulso bate com precisão,

afiado relógio marcando a vida.


Se alguma coisa se move

erradamente,

se alguma coisa se quebra,

o médico bota o corpo de castigo,

e vai escrevendo receitas

como cartas que o corpo entendesse.


Fonte: Murray, Roseana. Artes e ofícios. São Paulo: FTD, 2007. p. 10-11.


Nenhum comentário: