"Multiplica os teus olhos para verem mais.
Multiplica os teus abraços para semeares tudo."
Cecília Meireles

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

A BIBLIOTECA CECÍLIA MEIRELES DESEJA A TODOS UM FELIZ NATAL!!!

Arte: Professora Aparecida Amora

Natal na Ilha do Nanja
Cecília Meireles


Na Ilha do Nanja, o Natal continua a ser maravilhoso. Lá ninguém celebra o Natal como o aniversário do Menino Jesus, mas sim como o verdadeiro dia do seu nascimento. Todos os anos o Menino Jesus nasce, naquela data, como nascem no horizonte, todos os dias e todas as noites, o sol e a lua e as estrelas e os planetas. Na Ilha do Nanja, as pessoas levam o ano inteiro esperando pela chegada do Natal. Sofrem doenças, necessidades, desgostos como se andassem sob uma chuva de flores, porque o Natal chega: e, com ele, a esperança, o consolo, a certeza do Bem, da Justiça, do Amor. Na Ilha do Nanja, as pessoas acreditam nessas palavras que antigamente se denominavam "substantivos próprios" e se escreviam com letras maiúsculas. Lá, elas continuam a ser denominadas e escritas assim.

Na Ilha do Nanja, pelo Natal, todos vestem uma roupinha nova — mas uma roupinha barata, pois é gente pobre — apenas pelo decoro de participar de uma festa que eles acham ser a maior da humanidade. Além da roupinha nova, melhoram um pouco a janta, porque nós, humanos, quase sempre associamos à alegria da alma um certo bem-estar físico, geralmente representado por um pouco de doce e um pouco de vinho. Tudo, porém, moderadamente, pois essa gente da Ilha do Nanja é muito sóbria.


Durante o Natal, na Ilha do Nanja, ninguém ofende o seu vizinho — antes, todos se saúdam com grande cortesia, e uns dizem e outros respondem no mesmo tom celestial: "Boas Festas! Boas Festas!"


E ninguém, pede contribuições especiais, nem abonos nem presentes — mesmo porque se isso acontecesse, Jesus não nasceria. Como podia Jesus nascer num clima de tal sofreguidão? Ninguém pede nada. Mas todos dão qualquer coisa, uns mais, outros menos, porque todos se sentem felizes, e a felicidade não é pedir nem receber: a felicidade é dar. Pode-se dar uma flor, um pintinho, um caramujo, um peixe — trata-se de uma ilha, com praias e pescadores ! — uma cestinha de ovos, um queijo, um pote de mel... É como se a Ilha toda fosse um presepe. Há mesmo quem dê um carneirinho, um pombo, um verso! Foi lá que me ofereceram, certa vez, um raio de sol!


Na Ilha de Nanja, passa-se o ano inteiro com o coração repleto das alegrias do Natal. Essas alegrias só esmorecem um pouco pela Semana Santa, quando de repente se fica em dúvida sobre a vitória das Trevas e o fim de Deus. Mas logo rompe a Aleluia, vê-se a luz gloriosa do Céu brilhar de novo, e todos voltam para o seu trabalho a cantar, ainda com lágrimas nos olhos.

Na Ilha do Nanja é assim. Arvores de Natal não existem por lá. As crianças brincam com pedrinhas, areia, formigas: não sabem que há pistolas, armas nucleares, bombas de 200 megatons. Se soubessem disso, choravam. Lá também ninguém lê histórias em quadrinhos. E tudo é muito mais maravilhoso, em sua ingenuidade. Os mortos vêm cantar com os vivos, nas grandes festas, porque Deus imortaliza, reúne, e faz deste mundo e de todos os outros uma coisa só.

É assim que se pensa na Ilha do Nanja, onde agora se festeja o Natal.

Fonte: MEIRELES, Cecília. Quadrante 1. Editora do Autor: Rio de Janeiro, 1966. p. 169.

RESULTADO - O Nome do Mascote: eleições na biblioteca

REZENDINHO, mascote oficial da Biblioteca Cecília Meireles
E.M. Maria de Rezende Costa

Clique na imagem para ampliar


NOME E COR ESCOLHIDOS NA ELEIÇÃO

Nome eleito: REZENDINHO = 408 votos
Cor eleita: VERMELHO = 370 votos


Votos Válidos = 950 votos
Votos Branco = 08 votos
Votos Nulos = 12 votos
Total de eleitores (alunos, servidores e funcionários) = 970 votantes

RESULTADO - O Nome do Mascote: eleições na biblioteca


Clique na imagem para ampliar


A apuração dos votos foi realizada na Biblioteca, o resultado foi o seguinte:
  • Eleição do NOME
CORUJINHA = 220 Votos
LEITORZINHO = 162 Votos
LIVRONILDO = 160 Votos
REZENDINHO = 408 Votos


Arte: Ivete Nogueira e Regina Nascimento




clique na imagem para ampliar

  • Eleição da COR
AZUL = 309 Votos
LARANJA = 117 Votos
VERDE = 154 Votos

VERMELHO = 370 Votos


Arte: Ivete Nogueira e Regina Nascimento

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

O NOME DO MASCOTE: Eleições na Biblioteca


Muito obrigado, eleitores !!!

A escolha de meu nome e de minha cor foi um sucesso!!
Agora é esperar pela apuração dos votos!!

Que friozinho na barriga estou sentindo!!

Na sexta-feira, dia 12 de dezembro, será o grande dia!!
Vamos todos saber que nome e cor eu ganhei!

Vou comemorar junto com nossa capital,
Belo Horizonte, que completa 111 anos!!

Parabéns, Belo Horizonte!!!



segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

O NOME DO MASCOTE: ELEIÇÕES NA BIBLIOTECA

Você quer ajudar a escolher
o nome do mascote da Biblioteca
"o amigo livro"?


São quatro as opções de nomes para a sua escolha:
  • CORUJINHA
  • LEITORZINHO
  • LIVRONILDO
  • REZENDINHO
E quatro as opções de cores:
  • AZUL
  • LARANJA
  • VERDE
  • VERMELHO

A eleição acontecerá no dia 03 de dezembro de 2008.

Não se preocupe! A Equipe da Biblioteca irá até a sua sala para que você possa fazer a sua escolha. Todos os alunos presentes no dia 03 de dezembro poderão votar!!!

Direção, Coordenação, Professores, Servidores da Secretaria, da Biblioteca, da Cantina e demais Funcionários que atuam na Escola podem
participar da votação! A Equipe da Biblioteca Cecília Meireles irá até você! Não deixe de participar!

Não deixe de votar!

O Orçamento Participativo Digital da Prefeitura de Belo Horizonte chega a sua segunda edição com novidades.


Este ano o investimento previsto é de até R$ 50 milhões e a proposta é viabilizar a execução de uma grande obra viária que vai beneficiar a todos com melhorias para o trânsito e maior acesso aos transportes públicos.

Estão em votação cinco grandes obras viárias, dentre as quais a população escolherá uma que pode resolver, de forma bastante impactante, a articulação de diversas regiões.


Há duas maneiras de votar:
  • por meio da internet (www.opdigital.pbh.gov.br)
  • ou pelo telefone 0800 723 22 01. Você poderá ligar de qualquer telefone fixo ou móvel (ligação gratuita).

Acessando o site, basta clicar em "Vote agora". Em seguida, você seleciona a obra de sua preferência, informa o número de inscrição e a zona eleitoral do seu título e clica em “Continuar”. Na próxima tela você confere seus dados, digita o código de segurança e clica em “Confirmar”.

Podem participar do OP Digital os eleitores de Belo Horizonte .

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Divulgação de Evento

clique na imagem para ampliar


Affonso Romano de Sant'Anna nasceu em Belo Horizonte (MG) em 27 de março de 1937, atualmente mora no Rio de Janeiro. É poeta, cronista, professor e administrador cultural.

Quer ler alguns textos de Affonso Romano? Acesse seu site


quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Resultado Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008


A premiação do Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008 foi um sucesso!!

Eliza Lanna, nossa Vice-diretora, abriu a premiação nos dois turnos com duas belas histórias: Pinóquio (no turno da manhã) e O apito mágico (no turno da tarde). Foi muito aplaudida e agradeceu dizendo que ficou muito emocionada ao ouvir as histórias contadas pelos nossos novos Contadores de Histórias. Com certeza, ela é um exemplo a ser seguido por nossos Contadores!! A Biblioteca Cecília Meireles agradece o apoio e a dedicação de Eliza e Rossana (Diretora) durante todas as etapas do Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008.

Agradecemos a todos os professores, funcionários e pais que puderam acompanhar de perto este momento de enriquecimento dos alunos da nossa Escola.

Aos alunos, que aplaudiram seus colegas durante as apresentações, o nosso incentivo para que no próximo ano, também, participem do Concurso.

E aos novos Contadores de Histórias, muito sucesso e o desejo que continuem lendo muito para nos blindar com outras lindas histórias.


Primeiro Turno - Resultado

  • Primeiro Ano do Primeiro Ciclo
  1. Bruna Cristina (sala 01) - A Bela Adormecida
  2. Giovanna (sala 09) - Quem cura o caracol
  3. Agatha (sala 18) - A lebre e a tartaruga
  4. Gabriela Hellen (sala 10) - Já vai o Jabecão
  5. Priscila (sala 08) - A Bela e a Fera
  6. Stella (sala 13) - A centopéia que sonhava
  7. Laila Fernanda (sala 09) - O saci
  8. Amanda (sala 10) - Cachinhos Dourados
  9. Isadora (sala 18) - A Bela Adormecida
  10. Gabriela Cristina (sala 01) - Chapeuzinho Vermelho
  11. Guilherme (sala 08) - Tuingo, Morango
  12. Adriana (sala 01) - Os três porquinhos

  • Segundo Ano do Primeiro Ciclo (duas ganhadoras em primeiro lugar, três em segundo lugar e dois em quinto lugar)
  1. Beatriz (sala 05) - Cutucar e Olívia (sala 05) - Chapeuzinho Vermelho
  2. Luana Rafaelle (sala 15) - O príncipe Sapo, Mariana (sala 17) - A bailarina encantada e Sarah Oliveira (sala 15) - Marcelo, marmelo, martelo
  3. Sarah Ferreira (sala 14) - Joãozinho
  4. Juliana (sala 04) - Juju, a estrelinha preguiçosa
  5. Eduarda (sala 16) - A Bela Adormecida e Guilherme Henrique (sala 07) - O Menino Maluquinho
  6. Thaís (sala 11) - Festa no céu
  7. Laura (sala 04) - A gotinha Pim-Plim
  8. Ricardo Junio (sala 04) - Grandão, o dragão
  9. Juan Victor (sala 17) - Grandão, o hipopótamo
  10. Marjorie (sala 17) - O morador da casa maluca
  11. Vitor Cerqueira (sala 04) - Quem roubou a alegria do palhaço?
  12. Sofia (sala 16) - O flautista de Hamelin
  13. Marcos Thigo (sala 17) - O dragão

  • Terceiro Ano do Primeiro Ciclo (duas ganhadoras em segundo lugar)
  1. Letícia Pâmela ( sala 03) - Por que os mosquitos zunem no ouvido da gente
  2. Daniele Ruth (sala 12) - Jeito de ser e Layla Camila (sala 12) - Elizabeth e a Fera (texto da aluna)
  3. Vitor Tancredi (sala 02) - João, Jiló
  4. Arthur Vinícius (sala 06) - Os três mosqueteiros
  5. Wesley (sala 03) - A mulher de neve
  6. Vitória (sala 03) - Picote, o menino de papel
  7. Letícia Rodrigues (sala 12) - Amigos mas nem tanto
  8. Fabrício (sala 03) - Nem tudo que se vê pode se dizer
  9. Izabela Cristina (sala 02) - A galinha ruiva

Segundo Turno - Resultado


  • Terceiro Ano do Primeiro Ciclo
  1. Sophia Helen (sala 05) - Eu nunca vou comer tomate
  2. Gustavo Fernandes (sala 14) - Bela Adormecida
  3. Renata Cristina (sala 15) - A sabida Milica

  • Primeiro Ano do Segundo Ciclo (dois ganhadores em segundo lugar)
  1. Sarah Rocha (sala 04) - O pescador, o anel e o rei
  2. Kamyla Cristina (sala 09) - Para encontrar um mundo das músicas (texto adaptado) e Anderson Calixto (sala 13) - Cabeça-de-vento, coração atento
  3. Ana Carolina (sala 01) - Meus 17 anos
  4. Istéfany (sala 03) - A víbora

  • Segundo Ano do Segundo Ciclo (três ganhadores em segundo lugar)
  1. João Vítor Padilha (sala 16) - Uma grande aventura (texto do aluno)
  2. Ludmila Inácia (sala 02) - A flor cheirosa (texto da aluna), Brunna Gabrielly (sala 10) - Minha galinha e Verônica Luiza (sala 17) - Menina bonita do laço de fita
  3. Mariana Guedes (sala 08) - Três por um triz

  • Terceiro Ano do Segundo Ciclo (dois ganhadores em terceiro lugar)
  1. Matheus da Silva (sala 12) - A galinha dos ovos de ouro
  2. Lucas Estevão (sala 07) - Dançando com o morto
  3. Igor Gonzales (sala 11) - O Chapeuzinho Amarelo e Wilson Edison (sala 06) - Trovas populares
  4. Bárbara Luiza (sala 18) - Caio?


Homenagem dos Alunos da Sala 07 - Turno da Tarde

Dedicamos este texto a todos os professores, coordenadores, diretores e funcionários da Escola Municipal Maria de Rezende Costa

Desde a cozinheira, no preparo da merenda, da faxineira, que com cuidado arruma a sala que utilizamos, as pessoas da secretaria, enfim, todos os funcionários que trabalham para concretizar nossos sonhos escolares em realidade e vida.

Direção, funcionários e professores, que efetivamente se preocupam em construírem pessoas mais solidárias, autênticas e felizes; se preocupam com todos os passos que percorremos e como trilhamos nossos caminhos ...

Escola, casa sagrada; que conduz mentes humanas a serem mais fortes e perseverantes, a construírem novas formas de vida e escolha. Agradecer a Escola (Direção, Funcionários e Professores), é agradecer a pessoas que lutam por uma sociedade mais soberana!


Felizes somos nós por termos a Escola Municipal Maria de Rezende Costa.

Esses são os sinceros votos dos alunos da 5ª.

Alunos da Sala 07 – Turno da Tarde

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008


As apresentações do Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008 encerraram nesta sexta-feira nos dois turnos. Parabéns a todos os participantes, que nos fizeram rir, refletir, emocionar, sonhar e aplaudir muito durante todo o Concurso. Vocês já são os novos Contadores de Histórias da Escola Municipal Maria de Rezende Costa.

A premiação acontecerá nesta quarta-feira (19/11/08), nos dois turnos. Em seguida, divulgaremos, aqui, no Blog os nomes dos novos Contadores de Histórias.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Vestibular UFMG 2009

ESTUDO DAS OBRAS DO VESTIBULAR 2009 - UFMG

NO CENTRO CULTURAL PAMPULHA

  • "DA ALMA ENCANTADORA DAS RUAS AOS DESENCANTOS DA CIDADE"

Abordagem geográfico-literária da questão da cidade nas obras do vestibular UFMG 2009.

Prof. Claúdio Adriano e Claúdio Gomes, ambos do Pré-UFMG


Dia 21 de novembro, Sexta-feira às 19h


Aula interativa com exibição de filmes abordando todas as obras literárias do vestibular da UFMG. Professor Claúdio Adriano


Dia 22 e 29 de novembro, Sábado às 14h



LOCAL: Centro Cultural Pampulha

Rua Expedicionário Paulo de Souza, 185

Bairro Urca - Belo Horizonte - MG


VAGAS LIMITADAS

INF: 3277-9292

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008

No dia 29 de outubro, início da Semana do Livro e da Biblioteca, ocorreu a abertura do Concurso Pequenos Contadores de Histórias - 2008. Regina Nascimento abrilhantou o evento com uma contação de histórias bastante aplaudida pelos alunos, professoras e funcionários, nos dois turnos. A história contada foi "O anão misterioso".

No turno da manhã, as apresentações dos candidatos a Contadores de Histórias começaram no dia 30/10 sempre no horário das 7h 40min. As apresentações irão acontecer até 14 de novembro de 2008.

No turno da tarde, o início das apresentações acontecerá no dia 11 de novembro até o dia 14 de novembro de 2008. Veja o Calendário das apresentações, abaixo:

Data

Etapa e Ciclo

Salas

Horário

11/11/08

1ºano do 2ºciclo

01, 03, 04, 09 e 13

13h 30min

12/11/08

2ºano do 2ºciclo

02, 08, 10, 16 e17

13h 30min

13/11/08

3ºano do 2º ciclo

06, 07, 11, 12 e 18

13h 30min

14/11/08

3ºano do 1º ciclo

05, 14 e 15

13h 30min


A data da premiação será oportunamente divulgada pela Biblioteca Cecília Meireles, responsável pela organização do Concurso.

domingo, 2 de novembro de 2008

Divulgação de Programação

Programação da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de BH
Novembro de 2008

Exposição - Hall de entrada
Primavera de Histórias
Síntese: O projeto Primavera de Histórias surgiu em 2004 a partir de uma idéia: dar cor e voz às histórias que povoam o imaginário de moradores da periferia de Belo Horizonte com idade acima de 50 anos. Para esta exposição, contamos com trabalhos de artes plásticas desenvolvidos na APROMIV por meio da brinquedoteca de Betim, telas do artista JB Lazzarini, fotos dos contadores de histórias de Leandro Gabriel, áudio e vídeo.
Idealização e coordenação de Sandra Lane
Responsável:Isabel Corrêa de Sá (artista plástica)
Período: de 10/11 a 05/12, de segunda à sexta das 9h às 17h30 e 22 e 23, sábado e domingo, das 9h30 às 12h15.

Cursos e oficinas
Aprenda a ler histórias
Síntese: Mini-curso de leitura dramática de contos e histórias: exercícios de articulação, inflexão de voz, pausa, expressão corporal
Responsável: Michelle Ferreira (professora e atriz)
Dia: 3 a 6, segunda a quinta, das 9h às 12h
Público: pais, avós, babás, mediadores de leitura, professores, auxiliares de biblioteca e interessados.
Inscrições Encerradas

Português em destaque
Dicas de português, com as novas normas gramaticais que entrarão em vigor no próximo ano.
Responsável: Graça Rios (especialista em literatura)
Dias: 17 e 24, segundas, das 14h às 17h
Público: jovens e adultos / 30 vagas
Inscrições: na Biblioteca ou por telefone

Ateliê de artes: Mandalas em Vitral
Prepare sua casa para o Natal confeccionando mandalas com a técnica da pintura vitral.
Responsável: Paulo Roberto Sette C. Mendonça (professor da Rede Municipal de Ensino)
Dia: 22, sábado, às 10h
Público: jovens a partir de 15 anos e adultos
Material: vidro cortado e tinta e serão fornecidos pelo professor ao custo de R$5,00

Puxa-Prosa com Chantal Herskovic
Quadrinista mineira, começou a publicar tiras em quadrinhos com 13 anos e atualmente mantêm uma publicação diária da série Juventude no jornal Estado de Minas. Já publicou 3 revistas da série e lançou neste ano o livro Ninguém Merece: blog da Cacau, ed. Leitura, para o público adolescente.
Responsável: Gisela Ribeiro Alves (Bibliotecária)
Dias: 19, quarta, às 9h
27, quinta, às 14h
Público: crianças, a partir de 9 anos, jovens e adultos/80 vagas

Literatura

Reunião de Contadores
Encontro semanal de contadores e leitores de histórias, aberto a novos participantes interessados na arte de ler e contar histórias.
Visa à formação de contadores.
Responsável: Reni Tiago (bibliotecária e especialista em Literatura Infantil e Juvenil)
Dias: 7, 21 e 28, sextas, às 10h

Era Uma Vez... na sexta
Leitura e narração de contos da tradição oral e de autores da literatura brasileira e estrangeira para crianças e jovens.
Responsáveis: Graça Rios e convidados
Dia: 21, sexta, às 14h
Público: crianças a partir de 4 anos / 50 vagas (para escolas, é preciso agendar pelo telefone 3277-8658)

Os tambores de Zumbi - Comemoração ao Dia da Consciência Negra
Abertura: Palestra sobre o mercado editorial da literatura afro-descendente e a implementação da lei 10.639/2003 com Madu Costa (escritora e professora).
Narração da história de vida de Zumbi dos Palmares com Maria Célia Nunes, contadora de histórias, e do poema Navio Negreiro de Castro Alves com Laene de Oliveira Freire.
Dia: 21, sexta, às 10h
Público: jovens e adultos / 80 vagas

Era Uma Vez... no domingo especial: A toalha mágica
Um espetáculo com trovadores e suas malas recheadas de histórias, repentes, casos e brincadeiras.
Dirigido por Carlos Rocha, conta a história de três irmãos que partem para uma longa aventura, cheia de descobertas, e são premiados com presentes geniais. Em meio a viagens, descobertas e trapaças, um deles precisa desvendar o mistério que envolve o mais especial de todos os prêmios: a toalha mágica.
Com o grupo Atrás do Pano e no elenco Myriam Nacyf, Paulo Thielmann e Guda Coelho.
Responsável: equipe da BPIJBH
Dia: 23, domingo, às 10h30
Público: crianças, jovens e adultos/80 lugares

Extensão Cultural
Era uma vez...no hospital
Leitura e narração de histórias e atividades de arte-educação com crianças internadas no setor de Pediatria, do Hospital Odilon Behrens.
Responsáveis: Equipe da BPIJBH e convidados
Dias: 7 e 21, sextas, às 15h

Visitas Orientadas
As escolas deverão agendar no 1º dia útil as visitas para o mês seguinte, pelo telefone 3277-8651.

Endereço: Rua Carangola, 288, térreo - B. Santo Antônio
Telefones: (31) 3277-8658 / 3277-8651
Horário: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 17h30
Dias 22/10 (sábado) e 23/10 (domingo), das 9h30 às 12h15
Sala de Exposição, Sala de leitura, Sala Vovô Felício (pesquisa), Gibiteca e Brinquedoteca

Fique de olho!

Vem aí o 9º ENCONTRO DAS LITERATURAS

De 10 a 16 de novembro
No Chevrolet Hall - Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - 2º piso - Savassi
Entrada Gratuita
Informações: 3277-9833 ou 3277-4497

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Novas Aquisições

A Biblioteca Cecília Meireles agradece à Escola Municipal Professor Tabajara Pedroso pela doação dos seguintes títulos:

  • VIII Festival de Poesia: homenagem à Cecília Meireles (2007)
  • IX Festival de Poesia: homenagem à poesia de cordel (ago./2008).
Divulgamos uma amostra do belo trabalho, realizado na Escola, que podemos observar nestas publicações, com os poemas “Eleição do cidadão” de Michele Batista e “O sol e o girassol” de Ludmilla Barroso Araújo:

ELEIÇÃO DO CIDADÃO

Eleição, eleição ...
Está bem em suas mãos
Seu voto vai chamar
E você tem que votar

Eleição, eleição
Não pode ter corrupção
Tem que ser com discrição
Presidente ou vereador
São tratados como doutor

Eleição, eleição
Elege o cidadão
Sem corrupção
Solucionando o problemão
E carregando esse nosso mundão!


Poema da estudante Michele Batista da E. E. Nossa Senhora da Conceição, classificado na categoria B (14 a 18 anos) no IX Festival de Poesia da E. M. Professor Tabajara Pedroso.


O SOL E O GIRASSOL

Girassol procurando o sol.
Sol procurando o girassol.
Onde está o sol?
E cadê o girassol?

Poema da estudante Ludmilla Barroso Araújo da E. M. Professor Tabaja Pedroso, menção honrosa no VIII Festival de Poesia da EMPTP .

Todos os Estudantes e Professores que participaram do Festival de Poesia estão de Parabéns!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Dia do Professor


"Feliz aquele que transfere o que sabe e
aprende o que ensina."

Cora Coralina



Parabéns, queridas professoras, por todos os seus dias dedicados a nossa educação!

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Divulgação de evento

Lançamento do livro:
Andarilhos de Marcelo Xavier

O autor Marcelo Xavier e o ilustrador Alfeu Barbosa convidam para o lançamento do livro Andarilhos, da editora Lê.

Dia: 18 de outubro (sábado)
Horário: 10h

Local: Spiral com Café
Av. Carandaí, 418 (esquina com rua Piauí)
Belo Horizonte - MG

Maiores informações (31) 3224 1809

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Novas Aquisições

A Biblioteca Cecília Meireles adquiriu os seguintes títulos para seu acervo de DVDs:
  • 1 2 3 Conte comigo outra vez - Coleção Vila Sésamo (30 min.)
  • Elmo tem duas: mãos, orelhas e pés - Coleção Vila Sésamo, o mundo de Elmo (50 min.)
  • Elementos da natureza - Coleção Vila Sésamo, o mundo de Elmo (50 min.)
  • Cantando, desenhando e muito mais - Coleção Vila Sésamo, o mundo de Elmo (50 min.)
  • Moranguinho: a paciente impaciente (45 min.)
  • Moranguinho: nossos melhores amigos (45 min.)
  • Moranguinho: a festa à fantasia (45 min.)
  • Moranguinho: um mundo de amigos (45 min.)
  • Nature Tech: o design da natureza, a magia do movimento (50 min.)
  • Nature Tech: o design da natureza, o mundo dos materiais (52 min.)
  • Nature Tech: o design da natureza, a energia da vida (52 min.)
Recebemos, também, como doação do Núcleo de Relações Étnico-Raciais e de Gênero o vídeo:
  • Sabores e Saberes da África no Brasil - Ajé Awó (duração 10 min.)
Nota: A expressão yorubá Ajé Awó pode ser interpretada como "segredos do comer".

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

A um bruxo, com amor

Poema de Carlos Drummond de Andrade dedicado ao escritor MACHADO DE ASSIS, o "Bruxo do Cosme Velho"

Em certa casa da Rua Cosme Velho
(que se abre no vazio)
venho visitar-te; e me recebes
na sala trajestada com simplicidade
onde pensamentos idos e vividos
perdem o amarelo
de novo interrogando o céu e a noite.
Outros leram da vida um capítulo, tu leste o livro inteiro.
Daí esse cansaço nos gestos e, filtrada,
uma luz que não vem de parte alguma
pois todos os castiçais estão apagados.
Contas a meia voz
maneiras de amar e de compor os ministérios
e deitá-los abaixo, entre malinas
e bruxelas.
Conheces a fundo
a geologia moral dos Lobo Neves
e essa espécie de olhos derramados
que não foram feitos para ciumentos.
E ficas mirando o ratinho meio cadáver
com a polida, minuciosa curiosidade
de quem saboreia por tabela
o prazer de Fortunato, vivisseccionista amador.
Olhas para a guerra, o murro, a facada
como para uma simples quebra da monotonia universal
e tens no rosto antigo
uma expressão a que não acho nome certo
(das sensações do mundo a mais sutil):
volúpia do aborrecimento?
ou, grande lascivo, do nada?
O vento que rola do Silvestre leva o diálogo,
e o mesmo som do relógio, lento, igual e seco,
tal um pigarro que parece vir do tempo da Stoltz e do gabinete Paraná,
mostra que os homens morreram.
A terra está nua deles.
Contudo, em longe recanto,
a ramagem começa a sussurar alguma coisa
que não se estende logo
a parece a canção das manhãs novas.
Bem a distingo, ronda clara:
É Flora,
com olhos dotados de um mover particular
ente mavioso e pensativo;
Marcela, a rir com expressão cândida (e outra coisa);
Virgília,
cujos olhos dão a sensação singular de luz úmida;
Mariana, que os tem redondos e namorados;
e Sancha, de olhos intimativos;
e os grandes, de Capitu, abertos como a vaga do mar lá fora,
o mar que fala a mesma linguagem
obscura e nova de D. Severina
e das chinelinhas de alcova de Conceição.
A todas decifrastes íris e braços
e delas disseste a razão última e refolhada
moça, flor mulher flor
canção de mulher nova...
E ao pé dessa música dissimulas (ou insinuas, quem sabe)
o turvo grunhir dos porcos, troça concentrada e filosófica
entre loucos que riem de ser loucos
e os que vão à Rua da Misericórdia e não a encontram.
O eflúvio da manhã,
quem o pede ao crepúsculo da tarde?
Uma presença, o clarineta,
vai pé ante pé procurar o remédio,
mas haverá remédio para existir
senão existir?
E, para os dias mais ásperos, além
da cocaína moral dos bons livros?
Que crime cometemos além de viver
e porventura o de amar
não se sabe a quem, mas amar?
Todos os cemitérios se parecem,
e não pousas em nenhum deles, mas onde a dúvida
apalpa o mármore da verdade, a descobrir
a fenda necessária;
onde o diabo joga dama com o destino,
estás sempre aí, bruxo alusivo e zombeteiro,
que resolves em mim tantos enigmas.
Um som remoto e brando
rompe em meio a embriões e ruínas,
eternas exéquias e aleluias eternas,
e chega ao despistamento de teu pencenê.
O estribeiro Oblivion
bate à porta e chama ao espetáculo
promovido para divertir o planeta Saturno.
Dás volta à chave,
envolves-te na capa,
e qual novo Ariel, sem mais resposta,
sais pela janela, dissolves-te no ar.

Este poema faz parte do Mural da Biblioteca deste mês

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Daniel Munduruku


ENCONTROS COM A LEITURA

Coisas de Índio, com DANIEL MUNDURUKU


Dia: 07 de outubro de 2008 (terça-feira)Horário: 19h
Local: Teatro da Biblioteca
Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa
Praça da Liberdade, 21
Belo Horizonte – MG


Daniel Munduruku é índio, autor de vários livros conhecidos no Brasil e em muitos outros países.


Maiores informações: (31) 32691166 ramal 120
E-mail: dail.sub@cultura.mg.gov.br

Divulgação de programação

Outubro de 2008
Programação da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de BH

Exposição - Hall de entrada
À bordo do Kasato Maru eu avistei o Brasil - Exposição comemorativa aos 100 anos da imigração japonesa.
Síntese: Mostra de peças e materiais que compõem a cultura japonesa presentes no cotidiano dos brasileiros. As contribuições dos imigrantes e seus descendentes que ajudaram a mudar as feições do Brasil.
Responsável:Isabel Corrêa de Sá (artista plástica)
Período: de 7 a 31, de segunda à sexta das 9h às 17h30 e 18, 19 e 25, sábado e domingo, das 9h30 às 12h15.

Exposição - Na área interna
Japão na Escola Aberta
Síntese: Exposição de móbiles, origamis, desenhos e chaveiros produzidos por jovens entre 12 a 20 anos, alunos do Projeto Escola Aberta da E.M. Professor Tabajara Pedroso com coordenação de Mário Guedes. A proposta é mostrar que jovens e crianças dão asas à imaginação criando, aprendendo e ao mesmo tempo conhecendo a cultura milenar japonesa.

Origami com chá
Encontro para troca de experiência, conhecimento e aprendizagem. Se você é amante da arte do origami, venha tomar um chá conosco.
Responsável: Equipe da BPIJBH
Dia: 18, sábado, das 10h às 12h
Público:crianças, jovens e adultos

Cursos e oficinas
Mangá
Oficina de desenho em 3 módulos:
Módulo 1: Desenho de figuras humanas. Noções básicas de como construir um
personagem, por meio de teoria, discussão de idéias e exercícios de criação.
Módulo 2: Desenho de expressões faciais, cabelos, vestimentas, animais, monstros,
robôs, armaduras e acessórios.
Módulo 3: Arte final e colorização
Responsáveis: Everaldo César, Paulo Mazzoco e Lúcio Guimarães (quadrinistas do Grupo Mangá Reiki)
Dias: 17, 24 e 31, sextas, das 14h às 17h
Público: crianças a partir de 9 anos, jovens e adultos / 15 vagas
Material: Folhas ofício e A4, lápis ou lapiseira, borracha, canetas nanquim ou bic e lápis de cor (caixa com 12)
Inscrição:na Biblioteca ou pelo telefone

Brincadeiras
Jan Ken Po e Yakusa's game
Síntese: Brincadeiras típicas japonesas populares em séculos anteriores que fizeram parte da história do Japão feudal e das dinastias. Jan Ken Po, criado no Japão e no Brasil conhecido também como Pedra, Papel e Tesoura, é uma brincadeira fácil e divertida.O Yakusa's é um jogo milenar, baseado na sorte dos dados.
Responsável: Grupo Hi no Tori Anime Clube
Dias: 14, 15, 21, 22, 28 e 29, das 14h às 15h30
Público: crianças a partir de 6 anos e adolescentes

A vida é um tabuleiro gigante
Síntese: Uma brincadeira inventada pelo grupo Hi no Tori, mostra a história do Japão e sua cultura através de um grande tabuleiro, onde os jogadores são as peças de um jogo emocionante e divertido.
Responsável: Grupo Hi no Tori
Dia: 25, sábado, das 10h40 às 12h
Público: crianças, a partir de 7 anos, jovens e adultos / 8 vagas por rodada

Apresentação de cosplay
Síntese: É uma brincadeira em que fãs de quadrinhos e animes se caracterizam e interpretam os personagens das histórias.
Responsável: Fernanda Gonçalves (Grupo Hi no Tori)
Dias: 14, 15, 21, 22, 28, 29 de 14h às 15h30 e 25, sábado, de 10h às 10h40
Público: crianças, jovens e adultos

Literatura

Vestibular UFMG/2009
Estudo das obras e análise crítica sob a ótica da contemporaneidade.
Responsáveis: Graça rios (mestre em literatura pela UFMG)
Adriano Bitarães Netto (mestre em literatura pela UFMG)
Público: vestibulandos / 60 vagas
Dias, horários e obras:
22/09 - segunda, das 14h às 17h30: O conto da mulher brasileira, de Edla Van Steen,
com Graça Rios
24/09 - quarta, das 14h às 17h30: O auto da compadecida, de Ariano Suassuna, com
Graça Rios
01/10 - quarta, das 14h às 17h30: A alma encantadora das ruas, de João do Rio, com
Adriano Bitarães Netto
08/10 - quarta, das 14h às 17h30: Meus poemas preferidos, de Manuel Bandeira, com
Adriano Bitarães Netto
15/10 - quarta, das 14h às 17h30: São Bernardo, de Graciliano Ramos, com Adriano
Bitarães Netto
Inscrições na Biblioteca ou por telefone

Reunião de Contadores
Encontro semanal de contadores e leitores de histórias, aberto a novos participantes interessados na arte de ler e contar histórias.
Visa à formação de contadores.
Responsável: Reni Tiago (bibliotecária e especialista em Literatura Infantil e Juvenil)
Dia: 03, 10, 17, 24 e 31, sextas, às 10h

Era Uma Vez... na sexta
Leitura e narração de contos japoneses.
Responsáveis: Contadores do Projeto Contando Histórias
Dia: 03, sexta, às 14h
Público: crianças a partir de 4 anos / 50 vagas (para escolas, é preciso agendar pelo telefone 3277-8658)

Era Uma Vez... no domingo
Narração de contos japoneses para crianças, com a participação dos contadores do Projeto Contando Histórias.
Responsável: equipe da BPIJBH
Dia: 19, domingo, às 10h30
Público: crianças, jovens e adultos

Extensão Cultural
Era uma vez...no hospital
Leitura e narração de histórias e atividades de arte-educação com crianças internadas no setor de Pediatria, do Hospital Odilon Behrens.
Responsáveis: Equipe da BPIJBH e convidados
Dias: 10 e 24, sextas, às 15h

Sétima Arte
Exibição de Animes (desenhos animados japoneses) e Tokusatsu (filmes de super-heróis de origem japonesa)
Responsáveis: Grupo Hi no Tori e Grupo Mangá Reiki
Exibições em telão e TV 29''
Dias:
07 a 09, 13, 18 e 20, 27 e 28 - Tokusatsus: Nacional Kid, Jiraya, Ultra Man, Ultra Seven / Dublados / TV 29'' / Sala de exposição / Público infantil e adolescente / de 9h às 17h30
10 - Naruto, Bleach, D. Gray -man, Mai-Hime, Cavaleiros do Zodíaco-AMVS / 30 min / Clipes / Telão / Público a partir de 9 anos / às 13h30.
14 e 28 -Sailor Moon / Bishojo Senshi SeraMun de Naoko Takeuchi / 30 min / dublado / Telão / Público Infantil / às 14h
15 -Fly, o Pequeno Guerreiro / Dragon Quest Dai no Daiboken de Square Enix e Toli Animation / 30 min / dublado / Público Infantil / TV 29'' / às 14h
16 -Guerreiras Mágicas de Rayearth / Magic Knight Rayearth de CLAMP / 30 min / dublado / telão / Público infantil / às 14h
17 -Mahow Sensei Negima Ala Alba DVA1 / 30 min / legendado / telão / Público a partir de 9 anos / às 13h30
21 e 29 -Super Pig / Aito Yuki no Piggu Garu Tonde Burin de Takeo Ikeda e Mari Mori / 30 min / dublado / Público infantil / às 14h
22 - A Princesa e o Cavaleiro / Ribbon no Kishi de Osamu Tezuca / 30 min / dublado / Público infantil / às 14h
23 e 30 - Monster Rancher / Monster Rancher de Tecmo / 30 min / dublado / Público infantil / às 14h
24 - Tsubasa Chronicles Movie / 30 min / legendado / telão / Público a partir de 9 anos
31 -King off Fighters AD OVA 1-4 / 30 min / legendado / telão / Público a partir de 9 anos / às 13h30

Visitas Orientadas
As escolas deverão agendar no 1º dia útil as visitas para o mês seguinte, pelo telefone 3277-8651.


Endereço: Rua Carangola, 288, térreo - B. Santo Antônio

Telefones: (31) 3277-8658 / 3277-8651
Horário: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 17h30
Dias 18/10 (sábado) e 19/10 (domingo), das 9h30 às 12h15