"Multiplica os teus olhos para verem mais.
Multiplica os teus abraços para semeares tudo."
Cecília Meireles

terça-feira, 14 de junho de 2016

Regulamento do Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli 2016


Regulamento do Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli- 2016

I- Objetivos

  1. O presente regulamento tem o objetivo de estabelecer as normas de inscrição, seleção e premiação de alunos contadores de histórias que participarão do Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli.
  1. Os objetivos do Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli são:
  • Despertar o gosto pela leitura literária;
  • Possibilitar aos alunos participantes deste projeto, a oportunidade de se expressar oralmente em público;
  • Revelar novos contadores de histórias;
  • Estimular a fantasia nas crianças que assistem a contação;
  • Encorajar a troca de experiências entre contadores e ouvintes;
  • Ativar a atenção de quem ouve, a memorização e a criatividade de quem conta;
  • Incorporar nos alunos e às práticas escolares o ato de contar e ouvir histórias.

          II- Organização

  1. A Biblioteca Cecília Meireles da Escola Municipal Maria de Rezende Costa é a responsável pela organização do Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli.

  1. São parceiros da Biblioteca na execução do Concurso: Os professores; Coordenação Pedagógica e a Direção da Escola.

          III- Participação

O Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli destina-se aos alunos matriculados na Escola Municipal Maria de Rezende Costa.


  1. Alunos (as) dos anos iniciais (1º e 2º anos):

  • A participação dos alunos se dará através da inscrição coletiva da sala pelo professor referência de cada turma. A proposta é uma mostra de histórias contadas de formas variadas.
  • Cada turma inscrita deve escolher uma história da tradição oral ou literária (conto, lenda, fábula, mito ou “causo”), que tenha sido publicada em livro.
  • A turma apresentará coletivamente uma história podendo utilizar os mais diversos recursos sonoros e visuais. A história poderá ser lida em voz alta; cantada; apresentada com a utilização de fantoches ou outros objetos.

  1. Alunos (as) do 3º ano ao 6º ano :

  • Cada aluno interessado em participar do Concurso deve escolher com a ajuda ou não dos professores uma história da tradição oral ou literária (conto, lenda, fábula, mito ou “causo”), que tenha sido publicada em livro.
  • O aluno poderá utilizar recursos sonoros e visuais para realizar a contação de histórias. Entretanto, lembramos que não se trata de uma apresentação teatral com utilização de fantoches.
       
        
           IV- Preparação

  1. O período a partir da divulgação deste Regulamento até a data de inscrição dos participantes será destinado à preparação dos alunos pelos professores e orientações da Biblioteca aos candidatos.

          V- Eleição do representante (3º ano ao 6º ano) e Inscrição (1º ano ao 6º ano)
  1. O professor referência (3º e 4º anos) e o professor da disciplina Língua Portuguesa (5º e 6º anos) deverão eleger um aluno candidato a contador de histórias, escolhido pelos colegas de classe para representar sua sala.

  2. Após a eleição do aluno este deverá ser inscrito pelo professor. A inscrição será realizada na Biblioteca Cecília Meireles, o professor fornecerá o nome do aluno candidato selecionado e o nome da história que será contada.

  3. Para os alunos do 1º e 2º anos, o professor referência irá inscrever a turma (número da sala) indicando o nome da história e a forma que será apresentada.

  4. Não será permitida a inscrição de uma história mais de uma vez. Portanto, fica valendo sempre o primeiro título inscrito de uma história para ser contada em cada turno, conforme solicitado nas edições anteriores do Concurso.

  5. O período de inscrição será: 12 a 18 de agosto de 2016 durante o horário de funcionamento da biblioteca em cada turno.


        VI- Apresentação e avaliação do candidato e turma (1º e 2º anos)

  1. O calendário de apresentação será divulgado pela Biblioteca Cecília Meireles e comunicado aos participantes do Concurso, com início previsto para 22 de agosto de 2016.

  2. A turma (para 1º e 2º anos) e o aluno (para 3º ao 6º ano) farão sua apresentação respeitando o calendário divulgado pela Biblioteca, para demais alunos e professores conforme programação do Concurso. Será avaliado por jurados convidados (professores, contadores de histórias, servidor, funcionário etc.).
  1. Quesitos que serão avaliados pelos jurados:
  • Expressão oral do aluno contador (uso adequado da palavra falada: tom e volume de voz, pausas, velocidade, respiração, vocabulário e pronúncia);
  • Expressão corporal do aluno contador (uso adequado do movimento do corpo: postura, gestos e expressão facial);
  • Coerência (história apresentada com início, meio e fim);
  • Envolvimento com o público (se o candidato ou a turma conseguiu prender a atenção da plateia);

  • Apresentação (desenvoltura em apresentar a história);

  • Envolvimento de toda a turma (quesito apenas para 1º e 2º anos);

  • Criatividade na dinâmica para apresentação (quesito apenas para 1º e 2º anos).

  1. A pontuação de cada candidato ou turma (1º e 2º anos) será computada, através da soma de todos os conceitos atribuídos pelos jurados, para cada quesito, conforme informado abaixo:

  • R = Regular (correspondente a 70 pontos)
  • B = Bom (correspondente a 85 pontos)
  • O = Ótimo (correspondente a 100 pontos)

  1. Os candidatos a contador de histórias serão classificados entre seus pares ou seja respeitando o ano em que o aluno está cursando, podendo se apresentar ou não com candidatos de outros anos.


          VII- Divulgação
  1. A Biblioteca Cecília Meireles utilizará o mural da Biblioteca e o blog (http://bibliotecaceciliameireles.blogspot.com) para divulgar informações sobre o andamento do concurso.
       
         VIII- Premiação

  1. As turmas (1º e 2º anos) e os alunos candidatos a contador de histórias (para 3º ao 6º ano) serão premiados por sua participação com certificados emitidos pela Biblioteca.

        IX- Disposições finais

  1. A inscrição no Concurso Contadores de Histórias Julia Gabrieli implica na aceitação de todos os itens deste regulamento.
  2. É vedada a participação de alunos não matriculados na Escola Municipal Maria de Rezende Costa.
  3. Os casos omissos serão decididos pelos responsáveis pela organização do Concurso.


Belo Horizonte, 14 de junho de 2016.


Nenhum comentário: