"Multiplica os teus olhos para verem mais.
Multiplica os teus abraços para semeares tudo."
Cecília Meireles

sábado, 18 de abril de 2009

Dia Nacional do Livro Infantil


A data foi instituída pela Lei 10.402/02 para lembrar o escritor, editor e jornalista José Bento Monteiro Lobato, nascido em 18 de abril de 1882.

Monteiro Lobato é considerado o pai da literatura infantil brasileira. Nascido em Taubaté, interior de São Paulo, iniciou sua carreira escrevendo contos para jornais estudantis. Em suas obras, Monteiro Lobato resgatou a imagem do homem da roça, apresentando personagens do folclore brasileiro, como: o Saci Pererê e a Cuca.

“A Menina do Nariz Arrebitado” (Reinações de Narizinho) apresentou seus personagens mais conhecidos da literatura infanto-juvenil brasileira: os moradores do Sítio do Picapau Amarelo, que foi transformado em obra televisiva nos anos oitenta, sendo regravado no final dos anos noventa.


Os personagens inesquecíveis do Sítio do Picapau Amarelo são: Dona Benta, a avó; Emília, a boneca de pano falante; Tia Nastácia, a cozinheira e seus famosos bolinhos de chuva; Pedrinho e Narizinho, os netos de Dona Benta; Visconde de Sabugosa, o boneco sábio feito de sabugo de milho; Tio Barnabé, o caseiro do sítio que contava vários “causos” às crianças; Rabicó, o porquinho marquês cor de rosa; dentre vários outros que foram surgindo através das diferentes histórias que Lobato criou.

Monteiro Lobato morreu aos 66 anos de idade, no dia 4 de julho de 1948, deixando um vida inteira dedicada ao amor pelos livros. “Um país se faz com homens e livros”, dizia Lobato.


Quer saber mais?!
Na Biblioteca Cecília Meireles temos uma estante especial dedicada a obra de Monteiro Lobato. Venha conhecer!

Nenhum comentário: