"Multiplica os teus olhos para verem mais.
Multiplica os teus abraços para semeares tudo."
Cecília Meireles

sábado, 19 de abril de 2014

Ovos de Páscoa - Poema de Adélia Prado



Ovos de Páscoa

O ovo não cabe em si, túrgido de promessa,
a natureza morta palpitante.
Branco tão frágil guarda um sol ocluso,
o que vai viver, espera. 


Fonte: Prado, Adélia. Bagagem. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006. p. 27.


O livro Bagagem faz parte do acervo da Biblioteca Cecília Meireles. Outros títulos da autora que você também encontra na Biblioteca:

  • Carmela vai à escola. (Editora Record)
  • Quando eu era pequena. (Editora Record)

Nenhum comentário: